Baldy aguarda convenção eleitoral para manifestar apoio político

05 JUL 2018
05 de Julho de 2018
Publicado em Sagres Online - Samuel Straitto

O Partido Progressista ainda não oficializou apoio a uma das pré-candidaturas ao Governo de Goiás. O presidente da legenda em Goiás, Alexandre Baldy, disse que o momento ainda é de se pensar em uma agenda administrativa e ainda deixar de lado as questões políticas. Por outro lado, ele destaca que ao não definir um apoio, o partido acaba ganhando tempo.

“Quanto ao pleito eleitoral, no ano de 2018 nós temos um ano extremamente atribulado e com enormes desafios, temos indefinições relacionadas as eleições nacionais temos várias agendas administrativas a serem realizadas e que todos os partidos utilizam o tempo a seu favor, avaliando as candidaturas, avaliando os que estão colocados como pré-candidatos até se formalizar através das convenções, a partir daí acreditamos que o prazo para esta aglutinação destas definições serão realizadas”, afirmou.

Questionado pela reportagem sobre um possível apoio do Progressista, o governador de Goiás, José Éliton, argumenta que o partido e a base como um todo, tem interesses e objetivos comuns. O gestor avaliou que tem uma boa relação não só apenas com o ministro Alexandre Baldy, mas também com os deputados federais da legenda em Goiás.

“O PP é um partido que compõe a nossa base, o nosso governo, nós temos objetivos comuns, temos uma identidade programática, portanto que é um caminho natural. Cada partido deverá deliberar isso no momento das suas convenções partidárias, quando a lei permite tal liberação. Temos um diálogo altamente positivo não só com o ministro Baldy, mas também com os deputados Roberto Balestra, Sandes Júnior, Heuler Cruvinel, todos tem uma ligação muito forte com a nossa base”, declarou.

Voltar

Av. Exp. José Elias Resende n° 312, Fundos – Centro. Piracanjuba – Goiás. Telefone: (64) 3405-1105